top of page
urbainesociale-min.webp
Logo PermaSchool, Alexandre Giraud

PERMACULTURA URBANA

PHOTO-2024-05-06-19-04-35.jpg
Alexandre Giraud, PermaSchool
Alexandre Giraud, PermaShool

ÉDUCATION À L'ÉCOLOGIE

Alexandre Giraud, PermaSchool
WhatsApp Image 2024-05-06 at 21.25.08.jpeg

Des projets en image !

Alexandre GIRAUD,
Fondateur de "PermaSchool" /2022.

 
  • Éducateur à l’écologie
  • Animateur en Permaculture
  • Accompagnement de projet E3d dans les Établissements scolaire
  • Ambassadeur Graine de Vie (reproduction de semences)
  • Partenaire de "Régénération Végétale"

Présentation du projet par Alexandre Giraud, responsable du projet des Tarterêts    

WhatsApp Image 2024-05-06 at 22.10.04.jpeg

Agriculture Urbaine

 

A associação "APFEC" (líder do projeto) apoiada por membros da associação "la Palmeraie" para transformar uma lata de lixo ao pé de edifícios em um jardim terapêutico, um espaço de teste em permacultura urbana.

 

 

Prepare um jardim,  ajuda a desenvolver laços locais por meio de atividades sociais, culturais e educacionais.

Cuidar de uma horta é uma atividade que vai de encontro a vários objetivos: coesão social, educação, socialização de pessoas isoladas ou vulneráveis, consciência de uma alimentação saudável ...

Para além das dimensões educacionais, sociais e culturais, a horta responde a múltiplas necessidades identificadas no território:

  • Valorização de terrenos baldios para evitar seu incômodo (lixões ilegais; insegurança).

  • Recuperação e redução de resíduos (valorização, compostagem, sensibilização ambiental da população).

  • Incentive os residentes a se interessarem mais pelo ambiente em que vivem e a adotarem um comportamento mais responsável.

  • Promova uma alimentação saudável.

  • Incentivar a participação dos moradores na gestão dos espaços coletivos quando muitos deles são pouco considerados e, portanto, ocasião de degradação. Comida saudável...

                                           "Charlotte Catroux"

Exibir projeto

"Coesão social, resiliência ecológica e econômica em Corbeil-Essonnes".

Permaculture urbaine Ecole permaculture, regeneration vegetale, formation pour les enseignants aux E3D EDD, transition écologique, écocitoyenneté

ÉPISODE  1

Permaculture urbaine Ecole regeneration vegetale, formation pour les enseignants aux EDD E3D
20200726_153644.jpg

OBJETIVOS DE TRÊS ETAPAS :

1 - Jardim educativo

  • Educação para o desenvolvimento sustentável

  • Conscientização da produção de alimentos, nutrição saudável

  • Coesão, laço social

  • Atividades educacionais (extracurriculares, famílias, associações).

  • Projeto educativo: formação em criação de jardins e espaços de alimentação urbana

  • Criação de unidade de reciclagem de resíduos por compostagem e galinhas poedeiras.

2 -  Jardim terapêutico

    Despertar sensorial, espaço de mediação terapêutica para

    crianças, famílias, pessoas com deficiência.

  • Descoberta da botânica

  • Descoberta de medicamentos alternativos

  • Produção de plantas secas e outros produtos derivados

  • Viveiro de plantas aromáticas

 

3 -  Produção agrícola em áreas urbanas

  • Criação de um espaço de horticultura comercial de 1000m2 para produção de alimentos no distrito de Tarterêts. As colheitas serão redistribuídas como parte da ajuda alimentar na forma de cestas e refeições de catering

  • Integração social e profissional

  • Transformação de áreas de pousio e armazenamento

     selvagem em jardim produtivo econômico perene

  • Crie uma economia local e sustentável, melhore o habitat

Informações gerais

- Líder do projeto: "Associação APFEC "

- Implementação, logística  "Associação" La Palmeraie "
- Parceiro: "1001 vies habitat"

- Projeto, treinamento, produção e suporte para "Regeneração de Plantas"

O projeto em fotos 

TREINAMENTO, CONSCIENTIZAÇÃO DOS ATORES DA ÁREA E DO CIDADÃO

Atores de apoio no campo

- Apoio, treinamento dos protagonistas
- Definir um roteiro e um cronograma

- Montagem dos jardins com os cidadãos e voluntários de Tarterêrts

PREPARAR O TERRENO E OS ATORES DO PROJETO

Prepare a área

Verificar a poluição do solo, mobilizar cidadãos, apoiar associações de moradores, mediadores e voluntários.

TRABALHO PARTICIPATIVO, etapa 1  (Julho de 2020)